202004.15
0
0

15 de Abril, Dia da Conservação do Solo

No dia 15 de abril comemora-se o Dia Nacional da Conservação do Solo.Esta data comemorativa foi instituída com o objetivo de aprofundar os debates sobre a importância do solo como um dos fatores básicos da produção agropecuária e a necessidade de seu uso e manejo sustentáveis.

De acordo com o relatório da FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations), 33% dos solos do mundo estão degradados por erosão, salinização, compactação, acidificação e contaminação. Entre outros prejuízos, como selamento da terra – que agrava as enchentes – e perda de fertilidade, os solos degradados captam menos carbono da atmosfera, interferindo nas mudanças climáticas.

Por outro lado, quando gerido de forma sustentável, o solo pode desempenhar um papel importante na diminuição das alterações climáticas, por meio do sequestro de carbono e outros gases de efeito estufa.  E atualmente, este debate se faz ainda mais  essencial. Conjectura-se que a agricultura será o carro chefe da retomada da economia brasileira no pós pandemia do COVID-19. A soja, o principal produto de exportação do país, está passando por um momento de bonança com uma colheita que está prestes a alcançar um nível recorde. 

Dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) indicaram que os embarques do grão alcançaram 11,6 milhões de toneladas em março, 37,7% mais que um ano antes – novo recorde para meses de março – e renderam US$ 4 bilhões, um aumento de 31,7% na comparação. O salto foi puxado sobretudo pela retomada das compras da China. 

Agora é a hora de preservar os solos brasileiros e investir em técnicas de manejo sustentáveis para aprimorar a agricultura e garantir a retomada da nossa economia.   

Principais fontes: Embrapa e Valor Econômico

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos requeridos foram marcados *