202004.14
0
0

Durante pandemia, solitações online facilitam acesso aos serviços de infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura já disponibilizou canais digitais de solicitação para 94% dos 178 serviços prestados diretamente pelo órgão, pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e pelas agências vinculadas, Agência Nacional de Nacional de Aviação Civil (ANAC), Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), facilitando o acesso aos serviços do setor durante a crise provocada pela pandemia do Covid-19.

Foram lançadas, no final de março, duas novas funcionalidades no aplicativo InfraBr para apoio aos caminhoneiros, possibilitando ao profissional do transporte obter informações sobre o funcionamento de serviços essenciais para continuar nas estradas, como restaurantes, postos de combustíveis, borracharias, oficinas e lojas de autopeças. Além disso, também é possível identificar onde estão os postos de atendimento do Sest/Senat que estão distribuindo kits de higiene e de alimentação. 

A ANTT, por sua vez, acaba de colocar em testes a versão totalmente digital do último serviço até então não digitalizado: o Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC). Essa mudança beneficiará caminhoneiros e empresas transportadoras, diminuindo tempo e custos com burocracia. Destaca-se ainda que, neste momento de crise, o serviço encontra-se com regras flexibilizadas pela Resolução nº 5.876/2020.

Quanto às demais agências, é importante salientar que a Anac e a Antaq já possuíam, desde 2019, todos os serviços com opção de solicitação por canal digital.

Informações de Mix Vale, ANTT, ANTAQ, ANAC e Ministério da Infraestrutura.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos requeridos foram marcados *